A Sociedade Brasileira e Os Conflitos no Trânsito.

11 set

Texto: O trânsito nas grandes cidades tem crescido de modo descontrolado nas últimas décadas, fazendo com que o tempo gasto pelas pessoas dentro do carro torne-se, às vezes, insuportável. Uma das piores consequências disso é o aumento da violência provocada por motoristas: são atitudes de desrespeito ora com o pedestre, ora com os outros condutores. Muitas vezes, o carro é usado como arma nessa luta urbana em que se transformou a difícil convivência entre estressados. São inúmeras as campanhas para incentivar a direção segura, mas, mesmo assim, casos impressionantes de violência no trânsito, incluindo muitas mortes, continuam sendo divulgados pela mídia, todos os dias. Diante dessa realidade, o que pode ser feito para lidar eficientemente com esse problema?

Com base nos textos acima, elabore sua redação sobre o tema A sociedade brasileira e os conflitos no trânsito.

Redação:

         Alguns dos grandes problemas no trânsito são, sem dúvida, a falta de tempo, paciência, educação e consciência de algumas pessoas, já que vivemos em uma sociedade capitalista que exige muito tempo de nossos dias. Além disso, a imprudência de alguns jovens, que insistem em dirigir depois de beber, causa todos os anos muitos acidentes, estes às vezes fatais.

        Entretanto, essa cultura capitalista vem do estadunidense Frederick Taylor que pregava a ideologia de que tempo é dinheiro. Com isso, muitas pessoas que estão no trânsito, por medo de atraso ou quem sabe até mesmo de perder o emprego, acabam esquecendo a educação e muitas vezes insultando algumas pessoas que nada tem a ver com a história.

        No entanto, o modelo capitalista não é o único culpado pelos transtornos no trânsito, muitas pessoas não têm respeito para com ciclistas ou motociclistas, como é o caso de muitos motoristas de carros maiores e de luxo, que acabam invadindo as preferenciais e muitas vezes causam acidentes, e o pior de tudo é que saem impunes por possuírem uma condição financeira mais elevada.

         Portanto, é dever da escola em parceria com a família conscientizar os jovens para que desde cedo aprendam a respeitar as leis de trânsito. Além disso, cabe ao Estado promover a construção de viadutos para que aumente a mobilidade no trânsito. Porém, aumentar a fiscalização para que os rodízios sejam rigorosamente cumpridos e para que ninguém dirija alcoolizado torna-se indispensável para diminuir a violência no trânsito.

 

Fonte:

http://educacao.uol.com.br/bancoderedacoes/a-sociedade-brasileira-e-os-conflitos-no-transito.jhtm

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: